Comercial Ex - Distribuindo Segurança para o Brasil - Solicite orçamento - [email protected]

Áreas classificadas: descubra quais são as 12 medidas preventivas para sua atmosfera explosiva

Áreas classificadas: descubra quais são as 12 medidas preventivas para sua atmosfera explosiva
14 de maio de 2024 adminwp
Áreas classificadas

Áreas classificadas: descubra quais são as 12 medidas preventivas para sua atmosfera explosiva

A segurança nas áreas classificadas é um elemento crucial para a saúde e o bem-estar dos trabalhadores. Em determinados setores industriais, como nas atmosferas explosivas, a atenção à proteção e à segurança torna-se ainda mais rigorosa.
Esses espaços demandam cuidados específicos para garantir a integridade humana e a realização segura das atividades. Confira neste artigo quais são as 12 principais medidas preventivas para deixar sua área classificada em segurança. Mas, antes, vamos entender um pouco mais sobre esse ambiente.

O que são áreas classificadas?

Áreas classificadas são locais em que há a possibilidade de formação de uma atmosfera explosiva, composta de substâncias inflamáveis, como gases, vapores, névoas ou poeiras.
Identificadas conforme a frequência e a duração das exposições, as zonas incluem:
  • Zona 0: atmosfera explosiva permanente.
  • Zona 1: probabilidade de formação ocasional de atmosfera explosiva.
  • Zona 2: baixa probabilidade de formação de atmosfera explosiva.
  • Zona 20: atmosfera explosiva permanente de nuvem de poeira.
  • Zona 21: probabilidade de formação ocasional de nuvem de poeira.
  • Zona 22: baixa probabilidade de formação de nuvem de poeira.
A identificação dessas zonas é essencial para a implementação de medidas de prevenção de acidentes e para a seleção adequada de materiais elétricos certificados e resistentes.

12 medidas preventivas para a segurança das áreas classificas

Em áreas classificadas, em que a presença de atmosferas explosivas é uma preocupação constante, a implementação de medidas preventivas é crucial para garantir a segurança dos trabalhadores e evitar acidentes. Aqui estão algumas medidas essenciais a serem adotadas:

1. Identificação das zonas

Realizar uma análise detalhada para identificar e classificar as zonas de risco, conforme as normas específicas para atmosferas explosivas.

2. Certificação de equipamentos

Utilizar somente equipamentos elétricos e materiais certificados para áreas classificadas, garantindo que sejam adequados às condições específicas do local.

3. Manutenção regular

Implementar um programa de manutenção preventiva para garantir que todos os equipamentos estejam em perfeito estado de funcionamento e conforme as normas.

4. Treinamento adequado

Proporcionar treinamento especializado para os trabalhadores que atuam em áreas classificadas, abordando os riscos, procedimentos de segurança e o uso correto dos equipamentos.

5. Sinalização adequada

Instalar sinalizações claras e visíveis para indicar as zonas de risco e as instruções de segurança, assegurando que todos estejam cientes das condições do ambiente.

6. Controle de fontes de ignição

Implementar medidas rigorosas para controlar fontes de ignição, como equipamentos elétricos, dispositivos mecânicos e ferramentas, reduzindo ao máximo o risco de explosão.

7. Ventilação adequada

Garantir um sistema de ventilação eficiente para reduzir a concentração de substâncias inflamáveis, minimizando, assim, a probabilidade de formação de atmosferas explosivas.

8. Monitoramento contínuo

Utilizar sistemas de monitoramento contínuo para detectar a presença de gases inflamáveis, vapores ou poeiras, permitindo uma resposta imediata em caso de risco.

9. Equipamentos de Proteção Individual (EPIs)

Fornecer EPIs adequados, como roupas resistentes a chamas, óculos de proteção e calçados específicos, para proteger os trabalhadores contra os riscos presentes nas áreas classificadas.

10. Procedimentos de emergência

Estabelecer procedimentos claros de emergência, incluindo evacuação e primeiros socorros, para lidar eficientemente com qualquer incidente que possa ocorrer.

11. Inspeções regulares

Realizar inspeções regulares nas instalações, equipamentos e procedimentos, assegurando que tudo esteja conforme as normas de segurança estabelecidas.

12. Documentação adequada

Manter registros detalhados de todas as medidas preventivas adotadas, inspeções realizadas e treinamentos ministrados, para garantir a conformidade e facilitar auditorias.
A implementação eficaz dessas medidas preventivas em áreas classificadas não apenas atende aos requisitos normativos como, também, cria um ambiente de trabalho mais seguro e protegido contra os riscos associados às atmosferas explosivas.

Conclusão

A segurança em áreas classificadas é um compromisso essencial para prevenir acidentes e proteger a vida dos trabalhadores.
A conformidade com normas regulamentadoras, a identificação correta das zonas e a escolha de materiais elétricos certificados são passos fundamentais para garantir um ambiente de trabalho seguro e livre de riscos.
Investir em prevenção é investir na vida e na integridade de todos os envolvidos. Por isso, escolha a Comercial EX.